top of page

Arteterapia: conheça os benefícios da prática para a saúde mental

Atualizado: 12 de set. de 2022

Terapias complementares ganham cada vez mais força já que permite uma variedade de tratamentos inovadores e diferenciados, a arteterapia é um bom exemplo.

A arteterapia pode ser usada para melhorar o conhecimento e ajudar na expressão de sentimentos e emoções, pode ser uma grande aliada da psicoterapia para ajudar na saúde mental e bem estar. É uma maneira simples e criativa para a resolução de problemas internos.


O que é Arteterapia?


A palavra Arteterapia é a junção de “arte” e “terapia”. Segundo os dicionários, arte significa a habilidade de pôr em prática suas ideias, planejar e construir grandes obras, belas ou úteis. Combinando com terapia, que significa tratamento de doenças, a Arteterapia é definida como uma ciência que se propõe a aliviar, ou curar, os indivíduos através da expressão artística, priorizando o processo criativo.


Como surgiu a Arteterapia?

A Arteterapia surge como profissão em 1969, com a fundação da American Art Terapy Association.


No Brasil, nos anos 20, o psiquiatra Osório César foi um dos pioneiros no uso da arte como recurso terapêutico, realizando estudos nos internos do Hospital Psiquiátrico do Juquery, em São Paulo.


Já na década de 40, usando também a arte como instrumento facilitador da comunicação entre terapeuta e paciente, a psiquiatra Nise da Silveira revolucionou o tratamento mental no Brasil.


Em 1999, foi criada a primeira Associação de Arteterapeutas do Brasil, na cidade do Rio de Janeiro.


Qual o objetivo da Arteterapia?


O objetivo da Arteterapia é proporcionar o cuidado integrado às áreas neurológica, cognitiva, afetiva e emocional, aprimorando a percepção, atenção, memória, pensamento, capacidade de previsão, exploração, execução, controle da ação, além de sua função social.


De acordo com o Family Guide to Alternative Medicine (Dicionário de Medicina Natural), a Arteterapia pode ser aplicada em qualquer pessoa, de qualquer idade, que tenha problemas emocionais, psicológicos ou que não consiga se expressar por palavras.


Com a técnica, é possível alcançar o conteúdo inconsciente de uma pessoa, que pode se manifestar por meio de símbolos, sinais ou imagens.


A Arteterapia é diferente da Terapia Ocupacional. Ambas trabalham com a linguagem artística, mas os objetivos são diferentes. A Terapia Ocupacional tem o foco no campo da reabilitação, sendo aplicada em situações de limitação funcional - físico, mental ou social.


Quais os tipos de Arteterapia?


Nesta terapia, a arte é considerada um meio de manifestação do inconsciente. É um recurso que pode ser usado para ajudar pessoas que sentem dificuldade em expressar seus sentimentos, medos e necessidades.


Por meio das formas visuais, com tintas, barro ou qualquer outro meio artístico, é possível reconhecer os problemas e redescobrir a capacidade criativa.


A técnica explora também o lado lúdico da infância, muitas vezes esquecido e abandonado à medida que crescemos e nos tornamos adultos.


Existem diversas modalidades da Arteterapia utilizadas na área da saúde mental, entre elas:


Pintura

A pintura facilita a expressão de emoções pela fluidez da tinta, que induz movimentos mais soltos, atuando sobre os mecanismos defensivos de controle.


Desenho

Desenhar trabalha a forma, a concentração, a coordenação espacial e visual, além de ter função ordenadora. O desenho pode ser compreendido como a materialização do pensamento e do sentimento.


Escultura

A escultura trabalha a estruturação e a organização tridimensional, exigindo mais elaboração. Por meio dela, o paciente libera a criatividade exercitando o desapego.


Colagem/recorte

A colagem é uma técnica que favorece a construção e desconstrução pela junção de formas prontas, permitindo que o paciente projete sua história e a transforme, tirando ou incluindo recortes. O objetivo é analisar o que se tem hoje e projetar o que se deseja.


Gravura

A gravura, que são desenhos feitos em superfícies duras - como madeira, pedra e metal, possibilita a reprodução em série e tem função multiplicadora.


Tecelagem

Essa técnica trabalha a coordenação viso-motora, a disciplina e o ritmo.


Teatro

O teatro possibilita a experimentação de novos papéis, a criação de histórias e personagens.


Tabuleiro de areia

Permite a criação de cenários e cenas tridimensionais, numa caixa de tamanho específico, utilizando areia, água e miniaturas realistas.


Escrita criativa

Escrever livremente, sem se preocupar com pontuação ou gramática, possibilita expressar os pensamentos inconscientes.



Benefícios da Arteterapia


A Arteterapia atua na prevenção, recuperação e tratamento da saúde mental, contribuindo para uma melhoria na qualidade de vida. Aqui estão alguns benefícios:


Expressar sentimentos

Muitas pessoas não conseguem verbalizar seus sentimentos, seja por meio da fala ou escrita, e as técnicas de Arteterapia trazem alternativas para que se consiga expressá-los de outra maneira.


Adquirir novas habilidades

Realizar novas atividades potencializa a capacidade de criação e imaginação.


Buscar o autoconhecimento

Por meio da arte é possível reconhecer os próprios sentimentos, medos e inseguranças até então ignorados.


Aumentar a capacidade de comunicação

A arte é uma forma de se expressar e, por isso, acaba ajudando quem tem dificuldade em se comunicar.


Trabalhar a concentração

Em geral, as artes manuais trabalham a questão da concentração e ajudam a desenvolver o foco.


Melhorar os sintomas da depressão

É bastante comum a Arteterapia ser complementar ao tratamento do bem-estar e da qualidade de vida, principalmente na terceira idade, trabalhando os sintomas de depressão e doenças

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page